Zona Sul e Zona Norte

SEGURANÇA – GOLPES EM IDOSOS NA GRANDE TIJUCA

Quadrilha especializada em enganar idosos é presa na Tijuca pela Polícia Militar. Atenção! Golpes aumentam nesta época do ano.

Um idoso com aparência frágil e que talvez não seja muito hábil com tecnologia. Era esse o perfil de pessoa que uma quadrilha de estelionatários buscava nas agências bancárias da região da Grande Tijuca. Mas depois de aplicar vários golpes e de dar prejuízo a idosos e às próprias agências por um bom tempo, finalmente chegou ao fim a ação dos marginais, graças aos policiais do Tijuca Presente, que prenderam o bando.

ESTRATÉGIA

A tática dos marginais era a seguinte. Utilizavam papéis semelhantes àqueles que saem das máquinas de auto-atendimento, como comprovantes de pagamento, extratos e saldos. Neste papel já estava escrito “Banco 24 horas” e a seguinte mensagem: “Prezado Cliente, evite o cancelamento do seu cartão. Atualize seu chip e letras agora neste terminal. A não atualização implicará multa de R$ 179,99”. Assim que a vítima saía do caixa automático, um rapaz eu estava na fila, fazia de conta que iria usar o mesmo terminal e dizia ao idoso que ele não pegou o papel da máquina, e entregava a ele o panfleto. Assim que a vítima alterava sua senha, um membro da quadrilha ficava atenta à numeração.

ERRO DENUNCIAVA AÇÃO

Um detalhe curioso que passou despercebido pelos bandidos foi um erro de ortografia. A palavra Ouvidoria, que constava no papel, estava digitada errada: ‘ouvindoria’. O erro pode ter evitado que muita gente tenha caído no golpe.

MUITAS PASSAGENS PELA POLÍCIA

Outra curiosidade demonstra que algo de muito errado ocorre com a legislação penal do país. Entre os presos estão três homens, todos eles com várias passagens pela polícia. Um com três, outro com quatro e um terceiro com nada menos do que nove passagens. Somados, são 16 anotações. Todos irão responder processo porformação de quadrilha e estelionato.

ATENÇÃO REDROBRADA

A polícia suspeita que o grupo agia na região há alguns anos, por isso, solicita que possíveis vítimas compareçam na delegacia..

A recomendação para os familiares de pessoas idosas é de que se evite que estas ao banco desacompanhadas e que jamais sigam quaisquer recomendações de estranhos, por mais gentis e inofensivos que possam parecer.

SAIDINHA DE BANCO Ao final de novembro, um policial civil que sacou dinheiro de um caixa eletrônico foi abordado por um assaltante e reagiu a tiros. O fato ocorreu na Rua Conde de Bonfim, na Tijuca. Na ação, o bandido que tinha quatro passagens pela polícia faleceu. O roubo após a vítima sacar uma quantia em bancos ou caixas eletrônicos é conhecido como Saidinha de Banco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *