Comando Militar do Leste abriu um inquérito policial militar para investigar o caso. Câmara de Vereadores e Assembleia Legislativa também cobraram explicações e pedem punições por maus tratos. Militar do Exército chuta animal e imagens viralizam
Um vídeo onde um militar do Exército aparece chutando um animal dentro de um quartel de Bonsucesso, na Zona Norte, viralizou nas redes sociais.
Nas imagens, o militar se aproxima e dá um chute, arremessando o animal para longe.
De acordo com o biólogo Izar Aximoff, trata-se provavelmente de uma fêmea de gambá grávida. Ele afirma que esta é a época do ano em que estes animais se reproduzem.
O biólogo destaca ainda que os gambás são animais importantes no controle de cobras, escorpiões, baratas e aranhas.
O Comando Militar do Leste abriu um inquérito policial militar para investigar o caso.
Nesta segunda (2), o vereador Luiz Ramos Filho (PMN), presidente da Comissão dos Direitos dos Animais da Câmara de Vereadores do Rio, protocolou um ofício pedindo explicações ao Exército brasileiro. No documento, o vereador solicita a apuração do fato e a punição do autor.
A Comissão de Defesa e Proteção dos Animais da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) também cobrou explicações ao Exército.
O deputado Léo Vieira (PL), que preside a Comissão, disse que dará entrada em uma moção de repúdio na Alerj, além de oficiar o Exército pedindo explicações.
A pena para o crime de agressão a animais varia de 2 a 5 anos de prisão, de acordo com o artigo 32, da lei de crimes ambientais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.