O governador Cláudio Castro em coletiva no Palácio Guanabara
Reprodução/TV Globo
O governador Cláudio Castro (PL) afirmou nesta sexta-feira (29) que o Rio de Janeiro virou “refúgio para criminosos de outros estados”.
“Nós temos a total consciência de que, por uma má interpretação da questão da ADPF, o Rio de Janeiro acabou virando um local de refúgio de criminosos de outros estados”, destacou.
A ADPF a que Castro se referiu é a Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental 635, mais conhecida como ADPF das Favelas, na qual o Supremo Tribunal Federal (STF) restringiu as operações policiais em comunidades durante a pandemia de Covid.
Castro também anunciou uma “grande ação” contra o tráfico do Complexo da Maré. Um “comitê permanente” será criado no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) com todos os setores de inteligência das polícias federais e estaduais.
Esta reportagem está em atualização.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.