Se no mar há vestígios de falta de consciência, Projeto Ilhas do Rio comemorou que, pela 1ª vez em mais de 10 anos de mutirões, nenhum lixo foi encontrado em terra nas ilhas. Pneus são retirados do fundo do mar pelo Projeto Ilhas do Rio
O Projeto Ilhas do Rio realizou um mutirão de limpeza no Monumento Natural das Ilhas Cagarras, no Rio de Janeiro, em comemoração ao Dia Mundial da Limpeza, no último sábado (23). Na quarta-feira (27), foi divulgado o balanço, que celebrou a queda na quantidade de lixo achado nas praias e, pela primeira vez em 10 anos de mutirões, a ausência de resíduos em terras insulares.
No fundo do mar, no entanto, vestígios da falta de consciência: uma panela de pressão e pneus foram encontrados por mergulhadores.
“Isso mostra que embarcações que estão nos arredores vêm tomando pouco cuidado com seus equipamentos, e a presença desse material no fundo do mar causa danos tanto à vida marinha quanto aos visitantes, mergulhadores, que podem se ferir com objetos como esses”, explica Tatiana Ribeiro, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.
Lixo retirado do fundo do mar em ilhas cariocas
Divulgação
Segundo a assessoria de imprensa do Projeto Ilhas do Rio, foi a primeira vez que pouco lixo foi encontrado na areia da praia do Leblon: 7 kg, entre plásticos e bitucas de cigarro.
No Posto 11, um ponto de coleta seletiva foi montado para receber lixo eletrônico e óleo de cozinha. Ao todo, 200 kg em eletrônicos e 5 litros de óleo foram receptados.
Mutirão de limpeza no Leblon
Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *