Pelo menos 5 bandidos encapuzados estavam atacando motoristas na Avenida Brasil, na altura de Barros Filho, quando renderam o condutor do coletivo e roubaram pertences de passageiros. Na fuga, jogaram o artefato, que explodiu. Um homem ficou gravemente ferido na explosão de uma granada caseira em um ônibus na Avenida Brasil, altura de Barros Filho, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na noite desta quarta-feira (27). Outras duas pessoas foram atingidas.
Testemunhas relataram que pelo menos 5 bandidos encapuzados e armados faziam um arrastão na via expressa, atacando diversos veículos, quando renderam o motorista do coletivo, da linha 771 (Campo Grande-Coelho Neto, via Estrada da Posse). Os criminosos roubaram pertences dos passageiros e, na fuga, atiraram o artefato, que detonou.
Esse ferido grave foi socorrido por bombeiros dos quartéis de Guadalupe e Irajá para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo. Os demais, um homem e uma mulher, tiveram ferimentos moderados e foram encaminhados para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha.
Granada foi detonada dentro de ônibus na Avenida Brasil
Reprodução/TV Globo
‘Cena de filme de terror’
“Eu jamais pensei que eu iria passar por isso. Foi uma cena de terror, coisa de filme”, disse uma passageira.
“Entraram pedindo bolsa, celular. [Um deles] pegou o motorista, apontou a arma para a cabeça dele e jogou ele lá para fora. Falou que ia tacar bomba dentro do ônibus”, prosseguiu.
“Acho que não estavam só satisfeitos em pegar as coisas e tacaram bomba. O pessoal estava vindo do trabalho, todo mundo ali trabalhador.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *