Condutor não responderá por crime algum, já que ficou comprovado que estava dentro do limite de velocidade, a 48 km/h, ante o máximo permitido de 70 km/h. Kayky Brito: vídeo de dentro do carro mostra reações do motorista após atropelamento
Diones Coelho da Silva, motorista que atropelou o ator Kayky Brito, falou ao g1 sobre o encerramento do inquérito do acidente, determinado na terça-feira (26), pelo delegado Ângelo Lages, titular da 16ª DP (Barra da Tijuca).
“Sempre tive convicção da minha inocência, sempre ando dentro do limite. Não tem motivo para estar acima da velocidade em um lugar que tem limite. Você tem que andar dentro da lei pra não ser punido”, destacou Diones.
O condutor não responderá por crime algum, já que ficou comprovado que estava dentro do limite de velocidade, a 48 km/h, ante o máximo permitido de 70 km/h.
“Muitas coisas falaram sobre mim, levantaram dúvidas, mas foi feita a justiça de Deus”, complementou.
O motorista disse ainda que não concorda com os julgamentos desferidos a ele e ao ator. “Não tem porquê crucificar o cara [Kayky] por ter atravessado fora do sinal. Todo mundo erra um dia e a gente aprende com os nossos erros”, afirmou.
Diones contou que segue falando com a família de Kayky e que permanece torcendo pela recuperação do ator. “Eu tenho contato com a Sthefany [Brito] e ela tem me passado o estado dele. Espero que ele saia dessa sem nenhum dano, que volte pra família, para o filho dele. Espero também que a gente possa se encontrar ainda”.
O ator Bruno de Luca também não foi indiciado por omissão de socorro.
* Estagiária sob supervisão de Janaína Carvalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.