Rixa em uma rua no Engenho de Dentro já durava três meses. Homens têm versões diferentes para o incidente. Um dos envolvidos em uma briga de vizinhos por causa de um muro na Zona Norte do Rio de Janeiro morreu nesta terça-feira (26).
O vigilante Jacques Oliveira estava internado em estado grave no Hospital Municipal Souza Aguiar desde o dia 10, quando acabou ferido na cabeça durante uma discussão com o motoboy Marcio Barbosa.
Um boletim médico do dia 19 apontava perda de memória, afasia (confusão mental), déficit motor e crises convulsivas.
O vigilante Jacques Oliveira
Reprodução/TV Globo
Relembre o caso
Jacques e Marcio, moradores da Rua 2 de Fevereiro, no Engenho de Dentro, vinham discutindo há 3 meses pela obra, no terreno do segundo.
No último dia 10, Jacques voltou de uma viagem e encontrou Márcio concluindo o muro — o vigilante alega que a construção prejudicava o acesso à própria casa.
Os homens passaram a discutir rispidamente, até que Jacques apontou uma faca para Márcio.
A partir desse momento, os vizinhos relatam versões diferentes.
O que diz a família de Jacques: Um filho de Márcio atingiu o vigilante com uma barraca e o derrubou; o motoboy, então, passou a dar pauladas na cabeça de Jacques, que saiu com um corte profundo.
O que diz Márcio: Jacques invadiu sua casa com a faca na mão. Para se defender, ele pegou materiais de construção ao seu alcance e os atirou na direção do vigilante, que, ferido, acabou fugindo.
O caso está sendo investigado pela 26ª DP (Todos os Santos).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *