Vídeos mostram vários criminosos de fuzil na comunidade Kelson’s, que fica na Penha, às margens da Baía de Guanabara. Investigação no conjunto de favelas ajudaram a identificar mais de mil pessoas que fariam parte dos grupos criminosos que atuam na região. Drone da Polícia Civil flagra criminosos de fuzil e desmanche de carro na favela Kelson’s, na Maré
O trabalho de investigação da Polícia Civil no conjunto de favelas da Maré, na Zona Norte do Rio, segue revelando detalhes da atuação dos criminosos da região. Na favela Kelson’s, uma das mais antigas do Complexo da Maré, os traficantes foram flagrados atuando no desmanche de carros.
Imagens mostram criminosos dando treinamento de guerrilha no Complexo da Maré
Área onde bandidos são treinados em favela é cercada por 5 escolas e uma creche
‘O próximo passo é prendê-los’, diz governador sobre imagens com treinamento de traficantes
Imagens gravadas pelo drone da Polícia Civil mostram vários criminosos de fuzil na comunidade que fica na Penha, às margens da Baía de Guanabara.
Em determinado momento das gravações, um traficante chega a apontar seu fuzil para o equipamento.
Favelas da parte principal do Complexo da Maré
Reprodução TV Globo
Em outro ponto da gravação, é possível ver um galpão abandonado que funciona como esconderijo de carros roubados. Alguns veículos no local estão depenados, outros completamente queimados.
As imagens da atividade criminosa mostram homens desmontando carros. Segundo os investigadores, as peças retiradas são carregadas e levadas para um caminhão. De lá, o material é transportado para fora da comunidade.
Toda a ação é feita por homens armados de fuzil, como mostram as imagens. Em um momento da gravação, pelo menos quinze criminosos aparecem com armas pesadas.
Pelo menos, 15 criminosos armados circulam perto do local do desmanche
Reprodução TV Globo
Quando percebem que estão sendo gravados, alguns dos criminosos cobrem a cabeça e correm para se esconder entre as árvores.
As imagens fazem parte de um monitoramento de inteligência da polícia do Rio sobre atividades criminosas na favela Kelson’s, principalmente tráfico de drogas e desmanche de carros e cargas roubadas.
A favela já foi alvo de várias operações policiais em busca de quadrilhas de roubos de carros. As imagens do drone conseguem mapear os locais de desmanche e facilitar a ação da polícia.
Ao longo da investigação, dezenas de criminosos foram identificados.
No último domingo (24), o Fantástico revelou detalhes de uma investigação da Polícia Civil do Rio de Janeiro que durou dois anos e descobriu uma espécie de escola preparatória com táticas de guerrilha na Maré.
Fantástico teve acesso com exclusividade as investigações da Polícia Civil que indiciou 1.125 criminosos
Segundo a polícia, é o maior levantamento já feito sobre a atuação de três grupos criminosos, de traficantes e milicianos, que disputam o controle de territórios, de negócios lucrativos e de vidas.
Ainda de acordo com as investigações, a área onde criminosos realizam sessões de treinamento para enfrentar os rivais, no Complexo da Maré, é cercada por cinco escolas e uma creche de grande porte. A proximidade dos traficantes com as crianças assusta os moradores da região.
Os policiais avaliam que a escolha do tráfico por montar seu local de treinamento em uma região escolar é estratégica e permite o aliciamento das crianças desde cedo.
Crianças jogam bola ao lado de carro com criminosos no Complexo da Maré
Reprodução TV Globo
Em uma imagem, é possível observar uma criança segurando um fuzil, dando proteção a dois dos maiores comandantes do tráfico do Rio de Janeiro, Thiago da Silva Folly, o TH da Maré, que é gerente-geral do tráfico no local, e o traficante conhecido como Empada, chefe no morro de São Carlos, na região do Centro.
Imagem mostra criança de fuzil ao lado de chefes do tráfico de drogas
Reprodução TV Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *