A previsão é de que as aplicações da quarta dose comecem em julho deste ano, quase um ano depois que os idosos residentes em asilos receberam a terceira dose. Segundo o secretário, o Rio tem 48% da população maior de 18 anos com a terceira dose. 

Por Redação, com Brasil de Fato – do Rio de Janeiro

A quarta dose da vacina contra a covid para a população em geral vai ser aplicada um ano após a terceira no Rio de Janeiro. A informação foi divulgada pelo secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, durante entrevista ao podcast Desenrola Rio, do portal G1.

Dose de reforço tem uma capacidade de produzir imunidade muito maior do que as demais

A previsão é de que as aplicações da quarta dose comecem em julho deste ano, quase um ano depois que os idosos residentes em asilos receberam a terceira dose. Segundo o secretário, o Rio tem 48% da população maior de 18 anos com a terceira dose.

Ele ainda explicou que a dose de reforço “tem uma capacidade de produzir imunidade muito maior do que as demais”. “Isso acontece com várias outras vacinas e também com a da covid”, emendou.

Campanha de vacinação

Antes da quarta dose ser aplicada, a campanha de vacinação das crianças continua. Na quinta-feira, a prefeitura anunciou um novo programa, o “Vacina na Escola”, para intensificar a campanha de imunização infantil nas unidades escolares. Aproximadamente 50% das crianças foram vacinadas até agora.

Na última quarta, a Secretaria municipal de Saúde (SMS) também anunciou que o calendário de vacinação de crianças terá uma repescagem contínua de 45 dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *