A campanha chamada “Vacina na escola” tem como objetivo aumentar a taxa de vacinação entre os menores com idade entre 5 e 11 anos. De acordo com o Painel Rio Covid-19, na manhã desta quinta, a cidade atingiu 51% do público-alvo de 560 mil crianças vacinadas.

Por Redação, com Brasil de Fato – do Rio de Janeiro

Nesta quinta-feira, a Secretaria Municipal de Educação do Rio iniciou a campanha de vacinação de alunos que ainda não foram imunizados, começando pela Escola Municipal Rodrigo Mello Franco Andrade, no Andaraí, na Zona Norte. Durante este mês, a prefeitura planeja que todas as escolas do município vão receber equipes para vacinar as crianças.

A cidade atingiu 51% do público-alvo de 560 mil crianças vacinadas, o que representa 278.476 crianças

A campanha chamada “Vacina na escola” tem como objetivo aumentar a taxa de vacinação entre os menores com idade entre 5 e 11 anos. De acordo com o Painel Rio Covid-19, na manhã desta quinta, a cidade atingiu 51% do público-alvo de 560 mil crianças vacinadas, o que representa 278.476 crianças.

Segundo informações da SME, a cidade do Rio possui 1.307 unidades que atendem as crianças dentro da faixa etária de 5 a 11 anos. A vacinação não será só contra a covid, mas também vai contemplar a atualização das cadernetas de vacinação das crianças.

Postos de vacinação

Em diversos ponto da capital também estão instalados os postos de vacinação contra a covid-19. Todas as pessoas com 5 anos ou mais podem receber a primeira dose.

Já a aplicação da dose de reforço continua para pessoas com 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose há pelo menos 4 meses.

As unidades seguem aplicando a primeira dose da vacina contra covid-19 em maiores de 12 anos e a segunda dose, considerando o intervalo a partir da data da primeira aplicação.

É possível antecipar a dose de reforço até o intervalo mínimo de três meses em casos de viagem, problemas de saúde e outras questões pessoais.

Pessoas com 18 anos ou mais que tenham imunossupressão e receberam três doses no esquema primário (duas doses e uma adicional) devem tomar uma nova dose com intervalo de quatro meses da dose adicional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *