Crianças entre 5 e 11 anos com comorbidade ou deficiência podem ser levadas para a imunização em qualquer data, independente da idade indicada no calendário. Também estão disponíveis as doses de reforço para o público maior de 18 anos que tenha completado o esquema básico de duas doses ou dose única há pelo menos 4 meses.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS) retomou nesta sexta-feira a vacinação infantil contra a covid-19. A aplicação do imunizante havia sido suspensa na terça por falta de doses, quando o calendário previa o atendimento de crianças com 7 anos ou mais.

Podem se vacinar crianças de 6 anos

Podem ser levadas aos postos hoje e amanhã crianças a partir dos 6 anos. As meninas de 5 anos poderão receber a primeira dose na próxima segunda-feira e os meninos dessa idade na terça. A quarta-feira está reservada para a repescagem de todas as idades a partir dos 5 anos.

Crianças entre 5 e 11 anos com comorbidade ou deficiência podem ser levadas para a imunização em qualquer data, independente da idade indicada no calendário. Também estão disponíveis as doses de reforço para o público maior de 18 anos que tenha completado o esquema básico de duas doses ou dose única há pelo menos 4 meses.

A secretaria informou que recebeu 80,8 mil doses da vacina CoronaVac e 33.080 da Pfizer pediátrica. Novas remessas são esperadas para a próxima semana.

Estimativa

Até o momento, 161,2 mil crianças de 5 a 11 anos, residentes no Rio, receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19. De acordo com a estimativa da prefeitura, ainda faltam 398,9 mil crianças serem imunizadas. Na faixa de 12 a 19 anos, faltam menos de 500 pessoas receberem a primeira dose e 127,2 mil ainda não tomaram a segunda. Entre os adolescentes, 534,9 mil já completaram o esquema básico e 13,7 mil tomaram a dose de reforço.

Em todas as faixas entre 20 e 69 anos, 100% da população receberam ao menos a primeira dose. Entre 70 e 74 anos faltam 6,4 mil e acima dos 80 anos, 7 mil pessoas não compareceram aos postos nenhuma vez, de acordo com a estimativa populacional da prefeitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *