“Respeitamos a ciência. Como são opiniões divergentes entre comitês científicos, vamos sempre ficar com a mais restritiva. O Comitê da prefeitura diz que pode. O do Estado diz que não. Então não pode. Vamos cancelar dessa forma a celebração oficial do réveillon do Rio”, escreveu o prefeito.

Por Redação – do Rio de Janeiro

Depois de avaliar melhor os relatórios sobre os riscos de infecção com a variante Ômicron, o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), anunciou pelas redes sociais na manhã deste sábado que a festa de Réveillon da cidade está cancelada e não haverá a queima de fogos de artifício na orla carioca.

O carnaval de rua do Rio de Janeiro reuniu quase 6 milhões de pessoas desde a abertura oficial da festa, no dia 12 de janeiro
O carnaval de rua do Rio de Janeiro reuniu quase 6 milhões de pessoas durante o período de folia, em 2020, às vésperas da pandemia

“Respeitamos a ciência. Como são opiniões divergentes entre comitês científicos, vamos sempre ficar com a mais restritiva. O Comitê da prefeitura diz que pode. O do Estado diz que não. Então não pode. Vamos cancelar dessa forma a celebração oficial do réveillon do Rio”, escreveu o prefeito.

Paes disse, ainda, que espera não ser necessário cancelar também o carnaval carioca do ano que vem.

— Tomara que não precise cancelar o carnaval, pela importância da cultura e da atividade econômica — afirmou Paes, a jornalistas.

Passaporte

Médicos e pesquisadores vêm advertindo para os riscos de novas infecções pela variante ômicron, principalmente em aglomeração de milhões de pessoas em uma faixa contínua de areia e pelas ruas da cidade, muitos sem máscaras higiênicas, durante a festa.

Na tentativa de minimizar o prejuízo milionário para o comércio e o turismo, que amargam ainda uma crise econômica sem precedentes nas últimas décadas, Paes convida para uma visita à Cidade Maravilhosa. Os principais atrativos turísticos, praias, restaurantes e casas de show funcionam normalmente, com o passaporte vacinal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *