Jornal da Zona Sul e Zona Norte do Rio de Janeiro

Moradores acusam PMs de matar entregador no Morro do Palácio, em Niterói, RJ


Elias de Lima Oliveira foi atingido no rosto e, em seguida, socorrido para o Hospital Estadual Azevedo Lima, mas não resistiu ao ferimento. Boné de Elias nas mãos do irmão dele
Arquivo Pessoal
Moradores do Morro do Palácio, que fica no Ingá, em Niterói, na Região Metropolitana, acusam policiais militares de matar um entregador identificado como Elias de Lima Oliveira.
À TV Globo, o responsável por um coletivo de criação da favela do Palácio disse que Elias foi atingido no rosto e, em seguida, socorrido para o Hospital Estadual Azevedo Lima, em Niterói. Entretanto, o entregador não resistiu e morreu.
A mãe de Elias, segundo o representante do coletivo, é muito conhecida na comunidade e passou mal ao saber do assassinato do filho. Ela foi levada para o Hospital Geral do Ingá.
Após a morte, moradores organizaram um protesto na Rua Presente Pedreira, também no Ingá.
O que diz a PM
Em nota, a Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que equipes do 12° BPM (Niterói) foram atacadas durante um patrulhamento em uma das vias que dão acesso ao Morro do Palácio, no Ingá, Zona Sul de Niterói.
O texto diz que a equipe abordava um suspeito quando foi atacada a tiros, gerando um confronto.
A PM afirma que estabilizou a situação, e que depois disso um homem foi encontrado baleado e, com ele, foi recolhido uma pistola 9 milímetros.
A corporação informou que o suspeito foi socorrido para o Hospital Estadual Alberto Torres e não resistiu. Ainda na ação, afirma a nota, dois homens foram presos com drogas.
A ocorrência foi encaminhada para a 76ª DP (Niterói).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *