Jornal da Zona Sul e Zona Norte do Rio de Janeiro

‘Pé de pão’: árvore em São Gonçalo recebe doações a quem tem fome


Placa explica como funciona: ”Se precisar, pegue. Se puder, coloque’. Projeto criado por pintor de carros vem ganhando adeptos. Ideia surgiu após sobra de um um café da tarde na oficina. Em abril desse ano, o pintor de carros Charles Mello, de 45 anos, teve uma ideia ao ver sobrar pães em um café da tarde em sua oficina, em São Gonçalo, Região Metropolitana do RJ. Pendurou sacos em uma árvore na Rua Doutor Pio Borges, no bairro Covanca, e criou um “pé de pão”.
Em um pedaço de madeira, escreveu: “Se precisar, pegue. Se puder, coloque”.
‘Pé de pão’ vem com instruções
Henrique Lima/TV Globo/Reprodução
Rapidamente, viu o projeto ganhar adeptos e ajudar quem tem fome e recolhe os alimentos.
“Um dia, num café desse da tarde, sobraram dois pães e colocamos na árvore. Eu tive a ideia de fazer uma plaquinha para as pessoas identificarem o que eram aqueles saquinhos que ficaram na árvore,” explica Charles.
‘Pé de pão’ em São Gonçalo
Henrique Lima/TV Globo
O pintor conta que duas padarias da região começaram a fazer doações e que a vizinhança também colabora com o projeto.
Um deles é o motorista de ônibus Eduardo Vivaldo, morador de São Gonçalo há mais de 40 anos.
“Essa árvore está dando alegria para muita gente que precisa. Peguei o hábito de comprar o pão para minha casa, outras pessoas também. Quando posso, penduro ali e os colegas também fazem a mesma coisa”, diz.
O agente de combate a endemias Marcelo Farias, de 60 anos, mora na rua que fica ao lado “pé de pão”, mas só nesta terça-feira (14) conseguiu reparar que a árvore está de um jeito diferente.
“Você ver solidariedade como essa, não é todo dia, ainda mais em São Gonçalo. Espero que comecem a surgir outras árvores, de carne, arroz, a gente está precisando. A ideia está dada, agora a população tem que abraçar e somar”, espera ele, que aproveitou pra fazer um registro: “Vou postar a inciativa nas redes sociais”, diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *