Seis meses, mais de 9,5 milhões de doses aplicadas, 15,63% da população imunizada, e o Rio de Janeiro celebra a quinta posição entre os estados no ranking da vacinação contra a covid-19.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Seis meses, mais de 9,5 milhões de doses aplicadas, 15,63% da população imunizada, e o Rio de Janeiro celebra a quinta posição entre os estados no ranking da vacinação contra a covid-19. Os números são positivos e refletem os resultados das medidas preventivas e nos atendimentos a pacientes com a doença, analisados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Os números são positivos e refletem os resultados das medidas preventivas e nos atendimentos a pacientes

À medida que a imunização avança, cai o número de óbitos causados pela doença, com destaque para a queda registrada entre o fim de maio e o início de julho no estado. Segundo o Painel Coronavírus covid-19 (https://painel.saude.rj.gov.br/monitoramento/covid19.html), na semana epidemiológica 22 (entre 30 de maio e 05 de junho), a Secretaria registrou 950 mortes causadas pelo vírus. Já na semana epidemiológica 26, que representa período de 27 de junho a 03 de julho, o Rio de Janeiro teve 374 mortes provocadas pela doença, ou seja, uma redução de 60%.

Mapa de risco

A 39 edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgado na última sexta-feira, pela Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde (SVAPS), mostra também uma  redução de 26% nas internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) na comparação da semana epidemiológica 26 (27 de junho a 03 de julho) com a 24 (13 a 19 de junho) de 2021.

Contudo, o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, ressalta que ainda é preciso que as medidas de prevenção sejam respeitadas e que os municípios continuem avançando na vacinação. Só assim, a imunização coletiva será alcançada.

Vacinação

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) dá seguimento nesta terça-feira, à campanha de vacinação contra a covid-19. O dia é dedicado para imunizar com a primeira dose os homens de 36 anos, além de haver repescagem para pessoas com deficiência permanente.

Nesta quarta, haverá repescagem para quem tem 36 anos ou mais e, na quinta-feira, será a vez das mulheres de 35 anos.

Até o momento, já foram vacinadas com a primeira dose 3,5 milhões de pessoas, enquanto mais de 1,3 milhão completaram a imunização com a segunda dose. Já quem recebeu a dose única foram mais de 135 mil pessoas.

A Secretaria Municipal de Saúde recomenda que as pessoas prefiram se vacinar a partir das 10h, quando os postos ficam mais vazios. Quem vai receber a vacina deve apresentar identificação original com foto, número do CPF e, se possível, a caderneta de vacinação, além de documentação que comprove a elegibilidade, no caso de pessoas com deficiência conforme lista disponível em coronavirus.rio/vacina. Para a segunda dose, é importante levar também o comprovante da primeira aplicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *