Policiais civis da 112ª DP (Carmo) realizam, nesta segunda-feira, a segunda fase da Operação Chorume, que tem como alvos políticos e empresas prestadoras de serviços de coleta de lixo envolvidas em um esquema de corrupção.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Policiais civis da 112ª DP (Carmo) realizam, nesta segunda-feira, a segunda fase da Operação Chorume, que tem como alvos políticos e empresas prestadoras de serviços de coleta de lixo envolvidas em um esquema de corrupção. Entre os detidos está um ex-prefeito de Carmo, que já havia sido preso em março deste ano, em um desdobramento da primeira fase da ação. Na época, foram encontrados R$ 130 mil enterrados no sítio dele.

Polícia Civil e Ministério Público realizam operação contra desvio de dinheiro no município de Carmo

A ação ocorre com o apoio do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ). Ao todo, foram cumpridos oito mandados de prisão, dois deles contra pessoas que já estavam detidas, e 10 de busca e apreensão. Foram apreendidos mais de R$ 1 milhão em cheques, R$ 4,7 mil em dinheiro, U$ 700 e dez veículos de luxo, entre eles um Porsche.

De acordo com as investigações, os desvios aconteceram ao longo de cinco anos, por meio de três empresas controladas pelo mesmo grupo. Cerca de R$ 39 milhões teriam sido desviados do município. Os presos são denunciados por corrupção ativa ou passiva e organização criminosa e alguns deles ainda responderão por peculato.

Na primeira fase da Operação Chorume, em março deste ano, os agentes prenderam um ex-secretário de Meio Ambiente e uma vereadora de Carmo, além de um empresário.

Roubo de cargas

Policiais civis da 154ª DP (Cordeiro) prenderam, no domingo, dois homens e uma mulher por crimes de roubo de carga, sequestro e cárcere privado e associação criminosa. Segundo os agentes, os bandidos atuavam nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais.

Os acusados foram capturados em São Fidélis, Região Norte do Rio, e Nova Friburgo, na Região Serrana, após trabalho de inteligência e monitoramento. De acordo com os agentes, a ação foi em cumprimento de mandados de prisão preventiva por meio de inquérito que investiga a atuação do grupo especializado em roubo de cargas interestadual.

Segundo a equipe da 154ª DP,  a investigação começou há seis meses e detalhou a forma de operar dos criminosos. Os caminhoneiros eram rendidos e mantidos presos, enquanto o caminhão roubado era levado para Campos dos Goytacazes, Região Norte Fluminense.

Os presos serão encaminhados ao sistema penitenciário, onde estarão à disposição da Justiça.

Drogas

Policiais civis da 106ª DP (Itaipava), com apoio de policiais militares do 26º BPM, prenderam sete pessoas em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, no domingo, em Petrópolis, Região Serrana do Rio. Primeiramente, os agentes estiveram na comunidade da Provisória, onde flagraram quatro homens atuando na venda de entorpecentes. Com eles, foram apreendidos 51 pinos de cocaína, 51 tabletes de maconha e dois rádios comunicadores. Durante a incursão, os policiais foram recebidos a tiros por outro homem que também fazia parte do grupo, mas que conseguiu fugir.

Em outro momento, os agentes identificaram três pessoas oriundas da capital fluminense que estavam atuando na venda de drogas em comunidades do bairro Araras, em Itaipava. No momento da abordagem, eles estavam com um revólver com cinco munições intactas, 683 pinos de cocaína, 10 sacolés de skunk, 25 sacolés de haxixe e 85 garrafas de cheirinho da loló. Por conta do revólver, além dos crimes descritos anteriormente, eles também responderão por porte ilegal de arma de fogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.