Menino foi achado com diversos ferimentos no corpo, desidratado e desnutrido, após denúncia de vizinhos. Mãe e avó materna da criança foram presas em flagrante, por maus-tratos. Polícia resgata criança de 8 anos vítima de maus-tratos e mantida em canil na Baixada Fluminense
Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil libertou um menino autista, de 8 anos, que era mantido trancado em um canil de uma casa na comunidade Gogó da Ema, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.
O menino foi encontrado na segunda-feira (18), após denúncias de vizinhos, com diversos ferimentos no corpo, desidratado e desnutrido. Ele foi levado para tratamento multidisciplinar e está internado. Seu quadro de saúde é delicado.
Segundo a polícia, a mãe e avó materna foram presas em flagrante, pelos maus-tratos.
A ação foi coordenada pela 54ª DP (Belford Roxo) em conjunto com o Conselho Tutelar de Belford Roxo.
Segundo o delegado José Mário Salomão, além do cárcere privado, a mãe e a avó do menino também foram indiciadas pelo crime de tortura.
Se condenadas, somadas, as penas podem chegar a mais de 15 anos de prisão.
Salomão destacou o trabalho do Ministério Público da Infância de Belford Roxo.
“A promotora está fazendo um trabalho magnífico lá. Em menos de 10 dias ela já resgatou 6 crianças em situações de risco”, disse ao G1 o delegado.
As duas mulheres foram encaminhadas ao sistema prisional e ficarão à disposição da Justiça.
Canil onde menino de 8 anos ficava preso em uma casa em Belford Roxo
Divulgação/Polícia Civil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.