Turismo – ESTOCOLMO: Moderna e Cosmopolita

A cidade de Estocolmo está estrategicamente localizada entre o Mar Báltico e o Lago Mälaren. 

Situada sobre 14 ilhas, interligadas por 57 pontes,  a capital da Suécia ostenta, ainda, 38 parques, 70 museus e mais de 100 galerias de artes.  e inúmeros cafés, bares, pubs, restaurantes e casas noturnas. Tais combinações contemplaram Estocolmo com alguns apelidos carinhosos como: “ Veneza do Norte”, “ Cidade entre Pontes”, conquistando seus turistas.

O nome Stockholm nasce da junção de “stock”, que significa ”tronco de madeira” e “holm”, significa “ilha”. Portanto, seria “ilha sobre troncos”. A cidade foi fundada por Birger Jarl, com o intuito de proteger a Suécia das invasões marítimas e também evitar as pilhagens de cidades  como Sigtuna, também situada às margens do lago Mälaren.

Um ponto de visita importante é a Gamla Stan, que significa  “Cidade Antiga”. É a parte medieval da cidade de Estocolmo, edificada entre 1300 e 1500. A cidade original obteve alguma importância através da Liga Hanseática, a poderosa corporação de mercadores que dominou o comércio no Mar Báltico durante 2 séculos.

A praça principal de Gamla Stan chama-se Stortorget, onde restaurantes, cafés e lojas de souvenirs estão sempre repletos de visitantes.

 Um dos atrativos mais visitados da “Cidade Antiga” é o Palácio Real, que dispõe de 608 cômodos,  sendo considerado o maior palácio do mundo. É usado pelo Chefe de Estado sueco, o Rei Carl XVI Gustav como local de trabalho e recepções oficiais. O palácio abriga os Apartamentos Reais, o Salão de Estado, os Apartamentos das Ordens de Cavalaria, o Tesouro, as fundações da antiga fortaleza medieval Tre Kronor (Três Coroas), a Armaria e o Museu de Antiguidades de Gustav III. Uma peculiaridade do palácio é a cerimônia de mudança da guarda, que ocorre pontualmente às quartas e sábados, ao meio-dia e aos Domingos e feriados públicos, às 13 horas.

Vale também uma visita à Catedral de Estocolmo, mencionada pela primeira vez, em 1237. Sua fachada é barroca, mas o interior é em estilo gótico, onde  se destaca uma imagem de madeira de São Jorge e do dragão, presumivelmente do século XV.  Na igreja, encontra-se a pintura mais antiga da cidade de Estocolmo, de 1520.

A Prefeitura de Estocolmo, de tijolos aparentes, foi inaugurada em 1923. No Salão Azul é realizado o banquete em homenagem aos contemplados com o Prêmio Nobel. O Salão Dourado encanta os visitantes pelo requinte da decoração com 18 milhões de  em vidro e ouro.     

Um dos cartões postais da cidade é a Ilha de Djugärden, cenário ideal para passear ao ar livre e desfrutar de uma da belíssima vista panorâmica. Dentre os atrativos, o Museu Vasa, um navio de guerra que deixou o porto de Estocolmo em 1628, em sua viagem inaugural e afundou cerca de 10 minutos após sua partida. Submerso durante trezentos e trinta e três anos, foi resgatado em 1961. Os trabalhos de restauração demoraram dezoito anos e atualmente  pode ser visitado.

Em frente ao Museu Vasa, ergue-se o imponente o Museu Nórdico dedicado à história e tradições do povo sueco e um pouco mais adiante o Skansen, museu ao ar livre que mostra o estilo de vida da Suécia.

Estocolmo é excelente local para compras com  lojas de departamentos de alta qualidade. Uma última dica, não deixe de visitar o Absolut Ice Bar.    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *