Jornal de Bairros – Zona Sul e Grande Tijuca

ODONTOLOGIA INFANTIL – TRAUMATISMO DENTÁRIO EM CRIANÇAS

O traumatismo dental em crianças ocorre principalmente entre 8 e 9 anos. Não tem predileção por sexo, sendo tão comum no sexo do feminino quanto masculino. O dente geralmente afetado éo incisivo central superior permanentes (dentes de cima e da frente), pois  encontram-se tortos e projetados para frente.

As sequelas são inúmeras, podendo ser sintomática ou assintomática, nos dentinhos e na mucosa, por esse motivo o acompanhamento de um odontopediatra é essencial. A maioria dos dentes permanentes podem ser salvos, se soubermos como melhor agir nessa situação:

A) Se o dente QUEBRAR

1. Ache o pedaço do dente

2. Coloque ele num recipiente contendo saliva, ou soro, ou leite, pois esse fragmento dentario pode ser colado

3. Para que isso possa ser feito, procure IMEDIATAMENTE um odontopediatra

B) Se o dente SAIR INTEIRO da boca

1. Ache o dente

2. Segure-o pela coroa (parte do dente que se vê na boca)

3. (TAMPE O RALO DA PIA) Lave-o com água corrente e fria sem esfregar

4. Siga uma das alternativas: a) Coloque o dente de volta no lugar da boca OU b) Coloque o dente num copo com leite ou soro fisiológico ou ainda c) Quando não for possível usar leite ou soro, peça à criança para cuspir e coloque-o na saliva.

5. Procure IMEDIATAMENTE um ODONTOPEDIATRA, de preferência o que já atende a criança, NUM PERÍODO MÁXIMO DE DUAS HORAS.

SEMPRE QUE HOUVER SANGRAMENTO, higienizar o local e fazer aplicação de gelo.

Dica: Se você acha que não vai dar conta de fazer o que precisa ser feito, peça a alguém próximo e, se possível, que a criança confie, pois serão necessárias calma,tranquilidade, mas acima de tudo rapidez e eficiência até se conseguir chegar ao dentista.

Não dirija nenhum veículo se estiver tonto ou apavorado, não grite com a CRIANÇA, não chore perto da criança. Mantenha-se firme. Caso contrário, a criança pode entrar em choque e o momento vira um histerismo coletivo. Busque sempre ajuda! Respire fundo, seu filho precisa de você.

Importante: É necessário avaliar se a criança apresentou algum desmaio, perda de consciência, vômito… Caso positivo, procure um médico de sua confiança anteriormente ao atendimento com o Odontopediatra. AS MAIORES COMPLICAÇÕES DECORRENTES DE TRAUMA SURGEM POR FALTA DE UM ATENDIMENTO IMEDIATO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *