Jornal de Bairros – Zona Sul e Grande Tijuca

TURISMO – MOTIVOS PARA VISITAR ROMA?

Vaticano, Capela Sistina, Basílica de São Pedro, Coliseu, Arco de Constantino, Pantheon, Praça Veneza, Fontana Di Trevi… precisa-se continuar?

Como diz o ditado “Roma não foi feita em  um só dia”, mas muitos turistas parecem não saber disso e a impressão que se tem é que boa parte deles pretende visitar a cidade em 24 horas, correndo entre os monumentos da capital italiana.

Roma é uma das cidades mais imponentes e cosmopolitas do mundo, agitada durante o dia e a noite. A “Cidade Eterna” vive uma atmosfera de cultura, arte e religião e atrativos para todos os gostos.

A Cidade do Vaticano é um dos destinos maisprocurados para começar o passieo por boa parte dos turistas que chegam a Roma.

A Praça de São Pedro é a entrada para o templo máximo do cristianismo e encontra-se em frente à Basílica de São Pedro. No centro da praça, ergueu-se um obelisco do Antigo Egito.

A Capela Sistina é um dos atrativos mais procurados, e não é à toa que a média de espera na fila dura cerca de três horas, mas a visita vale a pena.

Além de ser a residência oficial – atualmente o Pontífice é a Vossa Santidade o Papa Francisco, encontram-se também os Museus do Vaticano, as tumbas dos papas e  arfrescos pintados por grandes ícones do renascimento italiano.

Uma das maiores obras que estão expostas no acervo da Capela Sistina é o “Juízo Final” de Michelangelo.

Os séculos se passaram, mas as ruínas de Roma permanecem bem conservadas. O centro histórico é simplesmente imperdível: o Arco de Constantino, é o mais bem conservado de todos os arcos triunfais dos imperadores (são muitos na cidade). O Arco foi construído  para celebrar a vitória de Constantino sobre o co-Imperador Maxêncio. Com a vitória, Constantino se tornou o único imperador do Império Romano do Ocidente, que até então era dividido em quatro imperadores.

Em frente ao Arco de Constantino encontramos o berço do Império Romano: o Coliseu de Roma.

Palco de inúmeras batalhas e espetáculos, o Coliseu funcionou por cerca de 500 anos, tendo seu último registro no Século VI da na nossa era, ou seja, bem depois da queda do Império Romano que ruiu em 476.

Em 2007, o Coliseu de Roma foi eleito como uma das “Sete Maravilhas do Mundo Moderno”, e atualmente, além de ser a maior atração turística de Roma, são realizadas cerimônias da Igreja Católica, como a Sexta-Feira da Paixão de Cristo.

 Os Foros Imperiais Romanos também merecem uma visita. Era o antigo principal centro comercial do Império Romano.

O Pantheon, o templo de todos os deuses, é outro atrativo que vale a pena ser visitado.

A Praça Veneza, é uma das praças mais importantes da cidade e reúne traços de alguns períodos da história, da Roma Antiga à Roma dos Papas. Em frente à praça está localizado o Monumento Nacional a Vítor Emanuel II.

Já a Fontana di Trevi, é a maior fonte barroca do mundo. A magnífica estátua do deus Netuno, representado sobre um carro em forma de concha puxado por dois cavalos marinhos, atrai centenas de turistas.

Fazer compras, ir à restaurantes, bares, pubs e cantinas italianas também faz parte da visita, e um bairro muito procurado é o Trastevere.

Assim como o Brasil, a Itália é um país apaixonado por futebol e não é à toa que Roma possui dois times: Roma e o Lazio.

 Ambos realizam suas partidas no Estádio Olímpico de Roma, o maior complexo esportivo da cidade.

Após sua  reforma em 2009 para  sediar a final da Liga dos Campeões da Europa, o estádio comporta  uma capacidade de cerca de 73.000 torcedores. Uma visita ao Estádio vale a pena. Se você  busca  em sua próxima viagem aliar história, cultura, arte, religião, esporte e excelentes restaurantes, Roma é uma ótima opção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *