Jornal Com Distribuição Mensal nas Zonas Norte (Tijuca - Vila Isabel - Grajaú - Andaraí) e Sul (Botafogo - Urca - Humaitá) do Rio de Janeiro
 
 
 home / página incial
 siga o correio carioca no twitter
 correio carioca no facebook
 
TURISMO - A CAPITAL DA ECOLOGIA

Curitiba possui muitas atrações culturais, ecológicas e gastronômicas durante todo ano. Cidade também foi modelo de inovações urbanas.

Por Antonio da Silva / Foto: Luciana Dávila


Pode uma metrópole do século XXI, com milhões de moradores, problemas de transportes e poluição oferecer excelente qualidade de vida a seus moradores? Muitos governantes de Curitiba, capital e maior cidade do Paraná, sempre apostaram que sim. Hoje, quando questões ecológicas são debatidas por especialistas de todo mundo, a capital paranaense possui elevada qualidade de vida e soluções inovadoras em várias frentes.


A enorme área verde metropolitana, muito superior à recomendada pela Organização das Nações Unidas, e inovações nos transportes fizeram da cidade referência mundial em soluções urbanas para o século XXI, fatos que enchem seus habitantes de orgulho e atraem grande número de turistas à cidade anualmente.


Um dos cartões postais de Curitiba é seu Jardim Botânico, uma extensa área verde, muito bem preservada e que está localizada ao lado do centro da cidade. O local conta com estufas, museu e sempre recebe importantes exposições. Junto à agradável área há espaço para o visitante realizar exercícios físicos. Em seus jardins é possível caminhar por alamedas, admirando flores e árvores, e, simultaneamente, observar os edifícios do centro de uma grande cidade.


Localizada próxima ao Jardim Botânico está a estação ferroviária. Do local saem trens que fazem o percurso turístico Curitiba-Morretes. Os comboios descem a Serra do Mar, serpenteando as encostas rochosas e proporcionando aos turistas vistas belíssimas de quedas d’água (a mais famosa é a Véu de Noiva), precipícios altíssimos e maravilhosas obras de engenharia, como túneis e viadutos que foram construídos para abrir caminho à ferrovia através dos morros. Chegando a Morretes o turista poderá saborear o prato mais tradicional da culinária paranaense, o Barreado. O prato é feito com carne cozida e tradicionalmente servido com farinha de mandioca e arroz.


A área verde da capital paranaense é de cerca de 65 m². Para se ter uma ideia da importância do número, ele é cerca de três vezes superior ao recomendado pela ONU. Parques e jardins municipais são os grandes responsáveis pelo expressivo número.


Além das belezas naturais, Curitiba é conhecida por ser revolucionária em vários aspectos de transportes urbanos, como, por exemplo, em seus sistemas de ônibus inovadores, tidos como dos mais modernos do Brasil. O passageiro entra em um ponto “tubo” (uma espécie de aquário) e paga a passagem. A partir daí ele pode utilizar um ou mais ônibus, pegando-os nesses terminais de integração, que estão localizados em vários bairros da cidade e de sua região metropolitana.


Outro bom motivo para conhecer Curitiba é que a passagem aérea saindo do Rio tem um dos melhores preços do país, assim como a hotelaria da cidade!






 
 
« veja matérias sobre o Rio de Janeiro, Esportes, Turismo, Saúde entre outros temas.
 
 
 
 
© Correio Carioca   -   Expediente   -   Política de Privacidade   -   Anuncie   -  Fale Conosco