Jornal Com Distribuição Mensal nas Zonas Norte (Tijuca - Vila Isabel - Grajaú - Andaraí) e Sul (Botafogo - Urca - Humaitá) do Rio de Janeiro
 
 
 home / página incial
 siga o correio carioca no twitter
 correio carioca no facebook
 
SEXO - A MÁGICA AZUL

Sabemos que o Viagra® mudou o comportamento sexual. O que talvez poucos saibam é que pertencente a Pfizer (patenteado até 2010), hoje outros laboratórios comercializam a substância. Quem comprou sabe o quanto esse é um artigo de consumo caro e a entrada de novos concorrentes pela industria farmacêutica possibilitou a diminuição do custo final.
Vale lembrar que a facilitação da ereção obtida pelo consumo do Viagra® acontece por ele ser um vaso-dilatador e não um milagre que se compra na esquina. É necesário sentir desejo, resposta fisiológica anterior a excitação e, por isso, o uso vulgar, como atributo para melhorar performance, é placebo.


Agente de uma revolução na sexualidade masculina - e, por conseqüência, na vida sexual dos casais, tais medicamentos cumpriram o que lhes era proposto: combater de forma eficaz a dificuldade eretiva orgânica, devolvendo a segurança perdida.
Mesmo com seu benefício inegável, o cidrato de sildenafila pode ter um efeito colateral perigoso para o homem, que é torná-lo ainda mais displicente com a saúde. É preciso ir além das soluções mágicas e buscar um estilo de vida longe dos exageros ou vícios, pensando na saúde como algo integral e não compartimentos separados.


De repente, anos de pesquisa sobre as causas físicas, psíquicas e comportamentais da disfunção erétil, além de calhamaços de estudos sobre sexualidade humana foram colocados de lado, pois a solução se apresentou - a custos elevadíssimos, é verdade - na forma de algo que não exige altas reflexões existenciais nem mudança de hábitos ou atitudes.

Dra. Ana Paula Veiga





 
 
« veja matérias sobre o Rio de Janeiro, Esportes, Turismo, Saúde entre outros temas.
 
 
 
 
© Correio Carioca   -   Expediente   -   Política de Privacidade   -   Anuncie   -  Fale Conosco