Jornal Com Distribuição Mensal nas Zonas Norte (Tijuca - Vila Isabel - Grajaú - Andaraí) e Sul (Botafogo - Urca - Humaitá) do Rio de Janeiro
 
 
 home / página incial
 siga o correio carioca no twitter
 correio carioca no facebook
 
GASTRONOMIA - SEM SEGREDOS

Cozinha sempre foi lugar de segredos. O chef americano Anthony Bourdain descreve, no livro Cozinha Confidencial, os bastidores dos restaurantes de luxo.


Para além das fofocas da porta dos fundos de restaurantes estrelados, por muito tempo também os ingredientes e a execução da própria comida estiveram envoltos numa densa cortina de fumaça.


Houve um tempo em que as receitas de família se limitavam a passar de uma geração a outra, sem nunca transcender os limites familiares. Ou em que restaurantes guardavam a sete chaves suas receitas, certos de que delas dependia o sucesso do empreendimento. Até os funcionários se comprometiam a não revelar de forma alguma as informações a que tinham acesso no exercício de suas funções.


Na era da hipermídia e da superexposição, a palavra-chave é compartilhar. Assim, basta buscar na internet a receita de um prato que nos encantou para constatar, com alguma surpresa, que ele está lá – muitas vezes, divulgado pelo próprio restaurante que o criou.


Dá até pra dizer que a receita faz parte da estratégia de marketing do estabelecimento: é uma bem-sucedida marca de brownie que estampa a receita de seu sucesso nas mídias sociais, no site da empresa e ainda a ensina em programas de TV. Ou um restaurante de luxo que não faz nenhuma questão de esconder como se faz um dos melhores pães de queijo da cidade.


O lançamento de livros que escancaram o modo de preparar tais receitas se transformou numa fonte adicional de renda, seja para os próprios estabelecimentos, seja para terceiros que se encarregam de revelar o “mapa da mina”.


Nossas avós talvez estivessem erradas. Compartilhar, trocar, é bom. Minha receita deixa de ser exclusividade minha, mas eu não perco com isso – ao contrário, me enriqueço na medida que assimilo novos conhecimentos. E não há nada melhor que a alegria de reproduzir em casa a receita de seu restaurante preferido. Nem por isso você vai deixar de frequentá-lo. Da mesma forma que escritores e cineastas disponibilizam suas obras na internet, os cozinheiros andam cada vez mais generosos. Vivemos num mundo onde há cada vez menos espaço para segredos.


Nádia Lamas
http://vieirasetrufas.blogspot.com/






 
 
« veja matérias sobre o Rio de Janeiro, Esportes, Turismo, Saúde entre outros temas.
 
 
 
 
© Correio Carioca   -   Expediente   -   Política de Privacidade   -   Anuncie   -  Fale Conosco