Jornal Com Distribuição Mensal nas Zonas Norte (Tijuca - Vila Isabel - Grajaú - Andaraí) e Sul (Botafogo - Urca - Humaitá) do Rio de Janeiro
 
 
 home / página incial
 siga o correio carioca no twitter
 correio carioca no facebook
 
ESPORTE - MEMÓRIA DO ESPORTE: A ERA DE OURO DO BASQUETE

As novas gerações se acostumaram a ver a seleção como coadjuvante nas competições internacionais, porém, nos anos 1950 e 60 o Brasil era uma das maiores potências mundiais do esporte.


Nossa seleção, atualmente, possui uma equipe esforçada, um campeonato nacional movimentado e até alguns clubes brasileiros já tiveram um brilho maior lá fora, como no caso do Vasco da Gama e mais recentemente do Flamengo. Entretanto, tudo isso ainda está longe de deixar o Brasil como potência no esporte, como foi há meio século.


Em 1959, no Campeonato Mundial de Basquete realizado no Chile, o Brasil levantou o troféu deixando para trás os favoritos estadunidenses e soviéticos. Os destaques da conquista foram Wlamir Marques e Amauri Passos.


Em 1963, o Mundial foi realizado no Brasil, a base da seleção era a mesma e o país conquistou o bi em jogo realizado no Maracanãzinho. Novamente a seleção de Wlamir e Amauri desbancou os antigos favoritos e levantou novamente o troféu.
A era de ouro do basquete masculino ainda proporcionou ao país as medalhas de bronze nos jogos olímpicos de Roma (1960) e de Tóquio (1964).


Fica nossa torcida para que em breve o Brasil possa começar a escrever novamente uma história dourada no esporte. Ganhar o título na Rússic será praticamente impossível, mas com organização e união dos atletas o país pode novamente se estruturar para num futuro próximo alcançar de novo os expressivos resultados dos anos 1950 e 60.








 
 
« veja matérias sobre o Rio de Janeiro, Esportes, Turismo, Saúde entre outros temas.
 
 
 
 
© Correio Carioca   -   Expediente   -   Política de Privacidade   -   Anuncie   -  Fale Conosco