Jornal Com Distribuição Mensal nas Zonas Norte (Tijuca - Vila Isabel - Grajaú - Andaraí) e Sul (Botafogo - Urca - Humaitá) do Rio de Janeiro
 
 
 home / página incial
 siga o correio carioca no twitter
 correio carioca no facebook
 
CIDADE - PREFEITURA DO RIO ADOTA A COR LARANJA NOS UNIFORMES E LOGOMARCA DA DEFESA CIVIL

Novidade segue padrão internacional das forças de salvamento, facilitando identificação das equipes de resgate.

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) apresentou, nesta terça-feira, dia 27, no Centro de Operações Rio, a nova cor da Defesa Civil, que depois de 20 anos, sairá do azul para ganhar uniformes e logomarca na predominância laranja - cor universal para forças de resgate e salvamento. O decreto com a mudança foi publicado na edição do Diário Oficial desta terça. A nova tonalidade estampará coletes e casacos dos técnicos do órgão, facilitando a identificação das equipes durante operações em áreas de catástrofe e desastres naturais. A iniciativa faz parte do projeto da Prefeitura para modernizar a Defesa Civil.


“A Defesa Civil Municipal é um tema de extrema relevância, principalmente nessa etapa do ano em que o verão se aproxima. O objetivo deste GGIM é promover a integração de esforços para enfrentar as circunstâncias que podem surgir durante a próxima estação, explica o secretário municipal de Ordem Pública”, Paulo Amendola.


A apresentação da nova cor foi feita durante o XIV Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) – encontro fechado de grupo de trabalho - que teve como tema “Defesa Civil somos todos nós”. Na ocasião, foram debatidos projetos em desenvolvimento pelo órgão e as iniciativas da Prefeitura focadas na prevenção de acidentes, entre elas, a operacionalidade do sistema de sirenes e pluviômetros nas 103 comunidades de alto risco da cidade.


“O laranja é símbolo universal do salvamento. A adoção dessa cor dá uma outra roupagem para o órgão. É uma nova Defesa Civil”, afirma o subsecretário Edson da Silva.


O GGIM foi instalado em decreto durante o primeiro ano de gestão do prefeito Marcelo Crivella (decreto nº 42.951 de 21 de março de 2017) e envolve representantes das esferas federais, estaduais e municipais. O objetivo é debater soluções práticas para as melhorias no cotidiano dos cariocas.

 





 
 
« veja matérias sobre o Rio de Janeiro, Esportes, Turismo, Saúde entre outros temas.
 
 
 
 
© Correio Carioca   -   Expediente   -   Política de Privacidade   -   Anuncie   -  Fale Conosco