Jornal Com Distribuição Mensal nas Zonas Norte (Tijuca - Vila Isabel - Grajaú - Andaraí) e Sul (Botafogo - Urca - Humaitá) do Rio de Janeiro
 
 home / página incial
 siga o correio carioca no twitter
 correio carioca no facebook
 
Casa de Rui Barbosa

A Casa de Rui Barbosa, localizada na Rua São Clemente, 134, em Botafogo, teve origem em 1930, no local da última residência de um dos maiores nomes da História do Brasil. O local foi transformado em Fundação em 1966 e ganhou instalações mais amplas, como o prédio localizado no fundo da propriedade, que conta ainda com um jardim de 9.000 m², museu, arquivo, bibliotecas, laboratório de micro-filmagem e laboratório de conservação e restauração de documentos.

O conjunto está muito bem preservado graças ao zelo e capricho dos funcionários da Fundação, que têm prazer em receber os visitantes, orientando e explicando todo funcionamento da instituição. A organização é fundamental para preservar as relíquias de Rui Barbosa, de valor inestimável. A Casa tem mais de cem mil livros e folhetos, além de milhares de títulos de periódicos. O arquivo possui cerca de 60 mil documentos de Rui, guardados e conservados. Lá encontram-se publicações adquiridas por ele até o final de sua vida.

Na Casa respira-se paz. Crianças brincam e pessoas de todas as idades encontram no imenso jardim um ambiente de total tranquilidade. A área verde da Casa de Rui Barbosa é uma ótima opção para os visitantes que desejam ter contato com a natureza em plena Rua São Clemente.

Outras informações podem ser obtidas através do telefone 3289-4600 ou pelo site  www.casaruibarbosa.gov.br.

A Fundação preserva não só a memória de um homem, mas sim uma parte da História de um país que muitas vezes faz questão de esquecer seu passado.

Rui Barbosa, jurista, jornalista, diplomata, tradutor e ministro nasceu em Salvador, Bahia, em 5 de novembro de 1849. Veio morar no Rio em 1878, e em 1893, comprou o imóvel da Rua São Clemente, mas foi para o exílio na Inglaterra. Voltando ao Brasil, passou a morar na casa de Botafogo em 1895.

O ano de 1907 talvez tenha sido o momento mais importante da vida de Rui Barbosa, pois houve a 2- Conferência de Paz em Haia, Holanda, e devido a sua brilhante atuação recebeu o cognome que todo brasileiro conhece, “Águia de Haia”. No ano seguinte passou a ser o presidente da Academia Brasileira de Letras, sucedendo o escritor Machado de Assis.

Os pensamentos de Rui Barbosa estavam à frente de seu tempo. Ele defendia a abolição da escravatura. Faleceu no primeiro dia do mês de março do ano de 1923, na cidade de Petrópolis.

 


 
 
« veja matérias sobre o Rio de Janeiro, Esportes, Turismo, Saúde entre outros temas.
 
 
 
 
© Correio Carioca   -   Expediente   -   Política de Privacidade   -   Anuncie   -  Fale Conosco