Jornal Com Distribuição Mensal nas Zonas Norte (Tijuca - Vila Isabel - Grajaú - Andaraí) e Sul (Botafogo - Urca - Humaitá) do Rio de Janeiro
 
 
 home / página incial
 siga o correio carioca no twitter
 correio carioca no facebook
 
Memória do Esporte: A Era de Ouro do Basquete

A estreia da coluna apresenta a era de ouro do basquete masculino do Brasil.

As novas gerações se acostumaram a ver a seleção como coadjuvante nas competições internacionais, porém nos anos 1950 e 60 o Brasil era uma das maiores potências mundiais do esporte.

Ausente dos jogos olímpicos desde a edição de Atlanta, em 1996, a seleção conquistou este ano a vaga para os jogos de Londres, no ano que vem, mostrando uma união que há muito tempo não existia entre os atletas. Porém essa significativa melhora ainda está longe de deixar o Brasil como potência no esporte, como foi há meio século.

Em 1959, no Campeonato Mundial de Basquete realizado no Chile, o Brasil levantou o troféu deixando para trás os favoritos estadunidenses e soviéticos. Os destaques da conquista foram Wlamir Marques e Amauri Passos.

Em 1963, o Mundial foi realizado no Brasil, a base da seleção era a mesma e o país conquistou o bi em jogo realizado no Maracanãzinho. Novamente a seleção de Wlamir e Amauri desbancou os antigos favoritos e levantou novamente o troféu.

A era de ouro do basquete masculino ainda proporcionou ao país as medalhas de bronze nos jogos olímpicos de Roma (1960) e de Tóquio (1964).

Fica nossa torcida para que em Londres o Brasil possa começar a escrever novamente uma história dourada no esporte. Ganhar o título será praticamente impossível, mas com organização e união dos atletas o país pode novamente se estruturar para num futuro próximo alcançar de novo os expressivos resultados dos anos 1950 e 60.

 

 



 
 
« veja matérias sobre o Rio de Janeiro, Esportes, Turismo, Saúde entre outros temas.
 
 
 
 
© Correio Carioca   -   Expediente   -   Política de Privacidade   -   Anuncie   -  Fale Conosco