Jornal Com Distribuição Mensal nas Zonas Norte (Tijuca - Vila Isabel - Grajaú - Andaraí) e Sul (Botafogo - Urca - Humaitá) do Rio de Janeiro
 
 
 home / página incial
 siga o correio carioca no twitter
 correio carioca no facebook
 
Arraial do Cabo: Paraíso do Mergulho

Prática do esporte é umas das principais atrações de Arraial do Cabo. Mas outras opções de lazer são encontradas na cidade, como: praias lindas, paisagens maravilhosas, quiosques e pousadas.

Capital brasileira do mergulho. Assim é conhecida a paradisíaca Arraial do Cabo, que fica na Região dos Lagos e dista apenas 170 km do Rio de Janeiro. Suas águas límpidas, frias e com abundante vida marinha atraem milhares de turistas a cada ano. O município tem museu oceanográfico, igreja com quase 500 anos e muitos restaurantes, quiosques e pousadas.


Prainha


A pequena cidade que ainda conserva suas características de uma autêntica vila de pescadores, tem vários pontos para a prática de mergulho: a Ilha dos Porcos, a Ponta D’Água, o Saco do Cordeiro e o navio naufragado Thetis. Há diversas escolas que ensinam o esporte, espalhadas por toda região, e o visitante encontrará facilidade para o lazer.

As praias mais procuradas são: Prainha, totalmente urbanizada, com muitos quiosques e com áreas verdes nas suas extremidades, águas muito tranqüilas e claras, sendo possível avistar tartarugas e cardumes de peixes que nadam bem perto dos banhistas e a Praia Grande, com enorme faixa de areia e ondas fortes. Mas também há outras opções, como a Praia do Forno, a Praia do Pontal, a Praia Brava, a Praia do Pontal do Atalaia e a Praia dos Anjos na qual se localiza o porto e de onde saem barcos para passeios pela maravilhosa costa de Arraial do Cabo. As águas na região são muito geladas devido ao fenômeno da ressurgência, que ocorre quando correntes vindas do Pólo Sul afloram nas praias de mar aberto.

Outra atração inesquecível da cidade é o Pontal do Atalaia. De cima do morro é possível avistar, além de Arraial, a cidade de Cabo Frio e a Restinga de Massambaba. Uma das mais belas visões é o pôr-do-sol admirado do alto deste local.

A pesca na cidade ainda é realizada com métodos artesanais, principalmente à noite, quando os pescadores saem em pequenos barcos. O Museu Oceanográfico de Arraial conta com peças utilizadas em navegação, conchas, esqueletos de animais marinhos e aquários.
Assim é Arraial do Cabo, “onde o sol passa o inverno”. Um paraíso a poucos km da cidade do Rio de Janeiro. O visitante encontrará, além das belezas naturais e da comida típica com peixes e frutos do mar, a simpatia e hospitalidade dos moradores da cidade.


Pontal do Atalaia



História:

Em 1503, uma esquadra portuguesa para reconhecimento do litoral brasileiro sofreu um naufrágio em Fernando de Noronha. A expedição naval se dispersou e, sob o comando de Américo Vespúcio, seguiu viagem, passando pela Bahia e, finalmente, chegando a Arraial do Cabo. A partir daí, muitos foram os ataques de piratas, guerras com índios, exploração de pau-brasil e naufrágios.

O crescimento de Arraial do Cabo começou a partir da fundação da vizinha Cabo Frio. Mesmo assim o, então, povoado passou muitos anos, praticamente, esquecido.
A primeira missa em ambiente coberto no Brasil, foi realizada em Arraial do Cabo, na igreja Nossa Senhora dos Remédios (1506) localizada na Praia dos Anjos.

A cidade também tem um local de grande interesse para o visitante por seu valor na colonização do Brasil, o Centro Histórico, na Praia dos Anjos, onde desembarcou, no início do século XVI, o navegador italiano Américo Vespúcio, dando origem ao primeiro núcleo populacional do país.



 
 
« veja matérias sobre o Rio de Janeiro, Esportes, Turismo, Saúde entre outros temas.
 
 
 
 
© Correio Carioca   -   Expediente   -   Política de Privacidade   -   Anuncie   -  Fale Conosco